Resenha: Um mais Um

Olá leitores, hoje vou contar a vocês a belíssima história de uma mãe solteira que faz de tudo por seus filhos, até dirigir um carro sem o mínimo de requisitos legais para circular, a aceitar carona de um estranho. Enfim, contarei a história de Jess Thomas, seus filhos,um cachorro, e um repugnante milionário- Ed Nicholls.




  Fazendo faxinas pela manhã e à noite trabalhando num pub é assim que Jess tenta sustentar a filha Tanzie e o enteado Nicky, que ela cria há oito anos.
Há dois anos Marty foi embora de casa e nunca mais voltou, nem a ajuda com as despesas de seus filhos. 
Com todos os seus problemas ela tenta se manter uma adulta responsável e sensata, dizendo-os o certo e o errado, e sempre tentando ser essa adulta responsável. 


***

Nicky é um adolescente gótico e mal-humarado que vive apanhando dos colegas por ter um jeito diferente do que a sociedade julga 'normal'.
Ele tem seus traumas e medos, mas não tem com quem se abrir, por mais que Jess se esforce ao máximo para tê-lo por perto, ele foge. Não consegue se abrir com ela como deveria. 
A única pessoa que ele teve como 'mãe-pai' foi Jess;A única pessoa que o acolheu quando ainda um menino, foi ela. Que, do jeito dela, deu amor, e carinho. Mas ainda assim, ele sentia falta do pai. Um homem que nunca lhe deu atenção. E nunca, em seus pensamentos, daria.

Enquanto Nicky tinha todos os seus estranhos problemas que perturbavam a mente de Jess, havia Tanzie, o prodígio da matemática. Sua menininha, aquela criança doce e amável que tinha medo do ensino médio da escola local, pois via o que acontecia com seu meio-irmão. A ideia de por os pés naquele colégio aterrorizava suas noites de sono.

Tanzie ganhou uma bolsa de estudos para uma escola particular, o que seria maravilhoso, pois sua capacidade estava no nível do colégio, ela podia e queria estar naquele colégio, mas suas condições financeiras não corresponderam com a diferença que Jess teria de pagar. Mas como Tanzie era uma aluna incrível na matérias, seu professor de matemática conversou com sua mãe e disse sobre uma solução..



Dali uns dias  seria disputada, na Escócia, uma Olimpíada de Matemática, os 3 primeiros ganhadores teriam uma generosa recompensa.O que ajudaria,e muito,a vida de Jess e seus meninos.

"Sra. Thomas, os prêmios são quinhentas libras, mil libras e cinco mil libras."

Apesar de ter se animado com a notícia,o prazo para St. Anne's se esgotava no dia seguinte, e ela não teria o dinheiro para fazer a matrícula. A menos se ela utilizasse o dinheiro da noite passada... mas usar aquele dinheiro seria "roubo". Mas ajudar sua filhinha era importante para ela, pela felicidade de Tanzie seria um sacrifício valido.

"Devolveria o dinheiro. Cada centavo.

  Mas, naquele momento, não tinha escolha."
***
Marty teve um relacionamento com uma mulher que se drogava mais que tudo, e desse relacionamento nasceu Nicky. Quando se casou com Jess, ele recomeçou a vida, esquecendo que já tinha outro filho. Enquanto isso Nicky teve uma infância bem difícil, a mãe não ligava pra ele e sempre estava com a pior galera. Na escola ia de mau a pior, com isso a assistente social procurou o pai, e com a permissão de Jess, o enteado passou a morar com eles.

Marty nunca parou em um emprego fixo, então o sustento da casa não podia contar com ele. Seu último emprego foi como taxista, quando o perdeu, Marty entrou numa depressão que assombrava a todos na casa. Com isso, Jess achou que seria bom ele passar um tempo na casa da mãe. Bom, já faz 2 anos que ele se foi e não voltou. 
E nunca manda dinheiro para ajudar os filhos, sempre diz que 'as coisas para mim ainda não melhoraram Jess'.

"Fazia trezentos e quarenta e oito dias que não via o pai. Fazia quatrocentos e trinta e três dias que não via a avó."

Quem mais sofreu com a separação dos pais foi a doce e pequena Tanzie, sentia falta da figura paterna dentro de casa, mas sabia que ele não voltaria. Por mais que ela soubesse disso, doía. Por outro lado, Nicky não dava muita bola, tinha raiva do pai e sempre dizia a mesma coisa para Jess "meu pai é um babaca."


Quando o Marty foi embora, Jess passou terríveis noites acordada com medo de que a família fosse assassinada depois que descobrirem que o homem da casa havia ido embora. Para acabar com isso, eles pegaram um cachorro no abrigo de animais.

"Brilhante com crianças, um cão de guarda fantástico, foram as garantias do centro de resgate."
Porém, com o passar do tempo ela só constatou que Norman era basicamente uma máquina enorme de comer e fazer cocô.

 ***

Ed Nicholls é um milionário e gênio da computação, tem uma empresa com seu melhor amigo de faculdade Ronan. As coisas iam bem para ele, até..

Ed não tem contato com sua família, embora sua irmã viva ligando insistindo que ele visite os pais. Foi casado, mas sua ex-mulher não era nada doce. E no divórcio tirou tudo dele, e ainda tinha a cara de pau de ligar para ele e pedir que ele concerte coisas em seu apartamento; mesmo estando separados há meses.

Depois de passar um momento sem ninguém, uma paixão da faculdade reaparece e eles se envolvem. Acontecesse que essa mulher-Deanna Lewis, não era nada do que ele imaginou. E para se livrar dela ele acabou dizendo coisas secretas sobre sua empresa, seu intuito foi ajudar a ela, e se livrar dela. Mas quando isso caiu nos ouvidos da Investacorp, eles não pensaram pela mesma linha de raciocínio de Ed.
Aconselhado por seu Advogado, Ed resolve ir refugiar-se em sua casa de praia.

***

O encontro entre Ed Nicholls, Jess, seus filhos e seu cachorro é algo constrangedor para ela, e peculiar para ele. 
Comovido pela situação que Tanzie se encontrara naquela noite, Ed juntou o útil ao agradável e ofereceu uma carona a família em seu luxuoso carro até a Escócia. 

"Ed Nicholls levou uns quinze minutos após ter saído de Danehall para se perguntar que diabo havia acabado de fazer. Simplesmente concordara em transportar a sua faxineira enfezadinha, seus dois filhos esquisitos e um cachorro enorme e fedorento até a Escócia. No que ele estava pensando, afinal?"
A parir do capítulo 11 começa uma aventura incrível: um milionário com problemas, uma faxineira/mãe fazendo o possível e o impossível para ver a felicidade de sua filha, uma menina que via a matemática em tudo, um adolescente mal-humarado e machucado que só sabia mexer no celular(enquanto ele ainda tinha carga) e um cachorro babão e fedido que estava acabando com o forro de couro do carro luxuoso de Ed.
Foi uma viagem muito demorada, até porquê, Tanzie tinha problemas e, carro + velocidade+estomago eram uma junção que sempre a fazia enjoar.

Demorou um tempo para que eles fossem se entendendo,e quando isso ocorreu, quando cada um dentro daquele carro, que por semanas passou a ser a casa deles, foi só alegria. 

 ***

Sou suspeita para falar dos livros da Jojo, amo de paixão cada livro que ela escreve, já li a maioria de seus livros(e farei resenha sobre cada um, óbvio rs). 
Seus livros tem um encanto, uma forma diferente de atrair o leitor; Ele te induz a sentir o que cada personagem sente, dor, felicidade, amor. A intensidade de suas emoções saem das palavras e te tocam de uma forma inexplicável.
Fui marcada por muita de suas histórias, como se fossem reais. 

Classificação: 5/5
-Amanda

2 comentários:

  1. Olá!!
    Descobri minha paixão por essa autora recentemente, lendo Como Eu Era Antes de Você. Livro maravilhoso, e agora quero ler todos dela hahahah!
    Jojo Moyes escreve muito bem. "Um mais um" com certeza está na minha lista.

    Beijos
    www.blogleituravirtual.com

    ResponderExcluir
  2. Resenha perfeita,vc me convenceu,vou ler este e outros livros da autora!
    Amei o blog,parabéns!

    ResponderExcluir

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo