Resenha: Sonhei que amava você

Ei pessoas, quem aí fez o ENEM e está naquela pilha de nervos? Relaxa ai que o resultado é só em Janeiro, e se Deus quiser, todos passaremos !!🙏
Pra descontrair e se apaixonar, vou compartilhar com vocês uma história muito linda, de um livro brasileiro (Que escritora maravilhosa!!!) que me encantou desde a primeira página. Espero que gostem.😊


Kira é uma típica garota do Rio, mora no Recreio dos bandeirantes ,é bonita, divertida, inteligente, rica, mas não esnobe nem patricinha. Com apenas 22 anos acertou em cheio na sua vida profissional. Mas driblar a pressão de sua família não foi nada fácil. Vejamos : sua mãe era dona de um restaurante - o Enxurrada Delícia- , seu pai era Juiz, e tinham os gemeos, Carlos Eduardo-Cadu-, e Carlos Rafael-Cafa, que já tinham as carreiras definidas, o que encrencava mais ainda para Kira.
Cadu queria trabalhar com restaurante, para alegria materna, e estava fazendo MBA em ADM e cursos gastronômicos, Cafa queria ser medico, seguindo os passos do avô paterno, e estava fazendo residência na clínica de um amigo da família. Bom, parece que o sonho de Kira iria ser bem complicado em ser realizado. E foi. Mas tendo uma família tão unida e compreensiva como a sua, foi tranquilo seguir seu sonho, e de sua amiga Leandra, a Lelê.


Tivera a certeza da sua vontade em algo novo em um conversa seria com Lelê, foi aí que perceberam que poderiam construir seus sonhos juntas, e a assim nasceu a Canto da casa. A lojinha tinha de tudo um pouco, de roupas de dar uma volta na aparência a móveis redecorados com todo o coração. Sempre é bom trabalhar com o que se gosta, ne ?! Pois é isso que essa duas faziam ! Trabalhavam com todo o coração, todo amor.
E como será que era pra Kira ser a irmã dos "mais mais do Recreio"? Nunca foi fácil. Tinha que lidar com amigas casuais, cheias de interesses nos gatões. Ela admirava a beleza dos irmãos, eles eram idênticos, só na aparência mesmo rs.. Cadu era reservado, cabeça, um cara tranquilo e discreto em seus romances. Cafa, bem, o nome faz juz a personalidade , sedutor que só ele, sempre aparecia nas festas acompanhado, e nunca com a mesma menina de antes. Kira é apaixonada pelos irmãos, o jeito de nunca a deixarem de lado, de sempre levarem ela a tudo que é festa.-mesmo sendo 4 anos mais nova-, mantinham a mesma roda de amigos, mesmas conversas, e isso a envolvia.


Mas algo faltava em sua vida. Sabia bem que tinha tudo, era feliz, animada, rodeada de amigos, tinha a família que todos queriam ter, mas no fundo ela se sentia sozinha. Sua vida amorosa não estava nada boa. E ela sabia que chegaria um momento que aquilo deveria ser resolvido.
Aos poucos foi chegando, mas antes que ela pudesse conhece-lo, ele chegou pelos seus sonhos.


Os sonhos de Kira ficavam cada vez mais intensos, eram reais. Ela sentia a presença dele, sentia seu toque, e o mais impressionante, sentia-se apaixonada por alguém que ela nunca vira na vida, só nos sonhos. Passaram-se os dias, e os sonhos se concretizando, fazendo seu coração saltar do peito todas as manhãs ao lembrar-se das cenas, dos carinhos, das palavras, daquela paixão tão ardente. Mal sabia ela que sua vida calma e na linha, daria uma reviravolta ao conhecer o amor de sua vida, com a mesma blusa que a impressionara na loja do shopping , com o mesmo sorriso dos sonhos, e as memas juras de amor que faziam com que ela voasse.


Felipe é um garoto tranquilo, mora no Recreio e segue a vida trabalhando na loja da família. Apaixonado por bichos e um encanto de garoto. Tem uma personalidade forte e um corpo de tirar suspiros, nada superficial , nem malhado, mas aquela beleza de natureza que encanta a qualquer uma.
Nada na sua vida é anormal, exceto o carma que é ter uma ex que não aceita o término. Mas isso ele leva na educação e não vê o por quê de se estressar, um dia ela irá acordar , e até lá ele vai levando. Mal sabe que quem irá ser sacudido é ele rs.
Até que um dia ele presencia um acidente, e ajudará um rapaz a salvar as vítimas do ônibus que acertou em cheio uma árvore, correndo o risco de explodir. Enquanto Felipe ajuda ao recém conhecido, nota que está sendo observado por uma pessoa que está completamente fora de si ao olhá-lo...

Esse livro tem uma magia, uma energia, uma história. Meninas , se tem alguém que frequente esse blog e é apaixonada por uma história de amor de arrancar lágrimas , não deixe de ler Sonhei que amava você. É um livro que foge do parâmetro, que te deixa com vontade de estar na pele do personagem, a paixão transmitida nesse livro é de dar inveja, quem já se apaixonou, sente vontade de se apaixonar de novo. Quem nunca se apaixonou, vai se apaixonar por esse livro e levá-lo no coração pra sempre. Tammy soube muito bem em como desconcertar os corações. E não para por aí !! O livro tem um misteriozinho que te convida mais ainda a lê-lo. Retrata um sumiço, que é revelado por sonhos. Os sonhos não ficam só dentro da cabeça, ele é vivido.
Bom gente, deixo aqui um convite : LEIAM !
Não irão se arrepender,  muito pelo contrário, vão se apaixonar.

Classificação : 5/5 (Favorito) 


E aí, já leu? O que achou??
Deixem seus comentários ! 😊

Resenha: A menina que não sabia ler - Vol. 1

Heeey leitores, tudo bem?
Eu sou a nova Resenhista aqui do Blog! Me chamo Amanda Faria, tenho 17 anos e pretendo compartilhar a partir de agora todas as minhas manias literárias e livros favoritos. Espero que essa primeira resenha que fiz chame a atenção de vocês! :D


 Numa gigantesca e distante mansão, nomeada Bitle House, nada é o que realmente parece ser. Dois meios irmãos, órfãos, que tem por tutor um tio no qual nunca viram, passam seus dias correando e explorando cada cômodo da mansão, uma rotina que acaba por ser entediante. Florence, uma linda menina de 12 anos, dedica seus dias tomando conta de seu irmão mais novo, Giles, seu único companheiro para explorar a mansão.


Em uma de suas explorações aos cômodos, Florence descobriu uma sala, grande, fria, escura e empoeirada, toda aquela 'bagunça' a atraiu. Como não podia aprender a ler, ordem de seu tio, ele era contra a alfabetização a mulheres, Florence dedicou seus dias naquele lugar iluminado pelas velas que ela teve que roubar da governanta, sra. Grouse. Como leria se não sabia ler? Isso não foi prolema, pelo contrário, a deixou mais maravilhada ainda. Aos poucos, escondida, e do seu jeito Florence aprendeu a ler cada palavra, cada livro. E com o tempo, ela mesma se alfabetizava. Escondida, é claro. 
No Outono Giles, com 8 anos, é mandado para o colégio. Florence se vê desolada, como ele ficaria sem sua proteção?  Seu único consolo era saber que poderia ir para sua fortaleza. Giles sempre mandava cartas para Bitle House, em uma das cartas que a sra. Grouse leu para Florence a deixou intrigada, pareceu que Giles não estava muito bem na escola. 


Depois das férias de natal de Giles,ele não volta para escola, a diretora diz que ele não consegue acompanhar a turma. Depois desse evento muita coisa muda dentro da mansão, onde Florence é obrigada a andar alerta dentro de sua casa, desconfiando de tudo que falam para ela. Como Giles precisa ser alfabetizado, contratam uma precpetora para ele, algo terrível acontece com a primeira. Sem saber como lidar com isso, Florence acha que agora os deixariam em paz, até que chega a srta. Taylor, que muda definitivamente a vida de Florence. Como suportar seu pesadelo virando realidade? Como proteger o ingênuo irmão? Como proteger a si mesma e aos criados? Como uma menina de 12 anos conseguirá lidar  com tantos assombros em sua casa?


A menina que não sabia ler tem uma história bastante intrigante, uma leitura que atrai a cada página a atenção de quem o lê, cada página abriga um mistério, cada personagem tem uma história que assombra, outros, comove, que irrita. John Harding soube como fazer um livro, que aparentava simplicidade, um grande mistério. Ele trabalha com o suspense de uma forma torturante, deixando o leitor louco por respostas. Para quem não curte um enigma, de um enigma além do óbvio, que distorce seu pensamento a cada página e ainda por cima gosta de finais felizes e com resposta, bom, esse não será uma boa leitura para você rs. 
Espero que muitos mistérios que foram deixados por ' debaixo dos panos' sejam revelados no volume 2. Que particularmente, estou mega ansiosa para ler.

E então, o que acharam do livro? Deixe seu comentário! 


Classificação: 4/5

Beijos, Amanda ❤️

Resenha: Apenas um Ano

Oláaaa leitores, tudo bem? A resenha de hoje é do livro "Apenas um Ano", que recebemos da parceria com a Editora Novo Conceito. Vamos saber o que achei dele? :D


Quando iniciei a leitura desse livro, confesso que não sabia nada da história, apesar de já ter ouvido falar dele, e já li Se Eu Ficar da mesma autora a Gayle Forman e gostei um pouco da história. Então comecei a ler esse com certa "empolgação". Porém não li o primeiro, na sinopse diz que o livro é continuação de Apenas um Dia e que agora a história é contada pela voz de Willem. O que não fez tanta diferença como eu pensava.

A história começa com Willem acordando no hospital, em Paris, sem saber como e o por que de ter parado ali. Sua mente está confusa e ele não lembra dos últimos acontecimentos. Apenas alguns reflexos de acontecimentos vem a sua mente, e vislumbres dela. O médico diz que ele provavelmente se meteu em alguma briga e foi agredido por alguém e lutou com os agressores. 
Conforme o tempo vai passando, alguma coisa vai ficando mais nítida e ele sabe que precisa se encontrar com alguém e que essa pessoa está esperando e ele precisa ir. 
Porém o médico não permite, ele está muito machucado. Mas Willem tem que ir, de repente um nome, e ele se lembra: Lulu. Ele precisa ir se não for, poderá ser tarde demais.

"Foi por acaso que a encontrei. E foi por acaso que a perdi. É preciso dar crédito ao universo, à maneira como ele nivela coisas desse tipo."

Ao ver que ele irá partir de qualquer forma, o médico acaba liberando-o. E quando ele deixa seu endereço para cobrança, ele ver o simbolo em sua caderneta. Está em chinês, mas ele sabe o que significa: dupla felicidade. Willem sai desesperado procurando qualquer coisa relacionada ao simbolo e por acaso, acaba no exato local em que ele se lembra de ter estado com ela.

Mas ele se lembra que Lulu foi o nome que ele deu a ela. Ele não sabe nada sobre a vida dela e nem seu nome verdadeiro. Ele lembra também que ela não sabia falar francês, nem conhecia nada ali. Provavelmente ela ficou desesperada quando acordou e viu que ele não estava em parte alguma. Os dois não tem como se encontrar. Foi apenas um dia incrível em sua vida.

“O amor não é algo que se protege. É algo que se arrisca”.

Willem estava voltando para a Holanda quando conheceu Lulu. Seu pai faleceu e como sua mãe não tem cidadania holandesa, ele que tem que assinar os papéis para formalizar a venda da casa. Mas quando conheceu Lulu, foi como se a sua vida fizesse sentido e ele precisa prestar atenção nisso, então ele desistiu da viagem e foi com ela para Paris. Foi apenas um dia, um único dia, porém o melhor de sua vida.
Então ele decide que se for para se reencontrar o destino irá dizer e com a ajuda de um amigo começa uma viagem pelo mundo a procura de Lulu. Mas o destino parece não estar a seu favor.

"Então conto tudo a minha mãe. Sobre essa garota, essa garota estranha e sem nome a quem eu não mostrei nada, mas que viu tudo. Conto a ela que, desde que a perdi, me senti perdido."
****
Primeiramente o que gostei e que me cativou desde o inicio foi a fluidez. O estilo narrado proporciona uma leitura rápida. Não há como negar a qualidade da escrita da autora nesse livro, ao trabalhar a fluidez da narrativa.

O que gostei também foi o amadurecimento do personagem, a mudança no modo como vê e encara relacionamentos passados, com os amigos e mulheres e o relacionamento com sua mãe. Willem passa por uma série de situações e enfrenta de frente, enfrentando os obstáculos e mostra que aprendeu de verdade.

A autora Gayle Forman, criou um personagem bem humano. Willem não é um mocinho romântico, que não vai fazer nenhuma coisa errada, e nem o bad boy gostosão, que pega todo mundo. Ele é totalmente e simplesmente humano. A autora teve o cuidado de escrever pessoas reais.

E a autora conseguiu contar uma história de amor sem que os personagens estivessem juntos. O que mostra que o amor vai muito além da presença física e limites geográficos.

É uma boa leitura, leve, romântica, cheio de belas frases, cheio de viagens e lugares lindos e encantadores. Recomendo!

Classificação: **** (4/5)

E aí já leu? O que achou!? Deixe seu comentário!

Beijos e até a próxima!
-Lili

Resenha: Fragmentados

Olá leitores, tudo bom com vocês?
Saiu a resenha desse outro lançamento incrível da Novo Conceito, e que tenho certeza que irá encantar cada um de vocês.  

Fragmentados

O que você faria se precisasse fugir país a fora para salvar seus membros? Isso mesmo. Membros, seus pés, suas mãos, suas pernas etc...E se você tivesse que mostrar que sua vida vale a pena durante 13 anos ? Se sua vida fosse monitora e observada durante 13 anos? E no dia de seus 13 anos decidissem que você não é digno de viver inteiro? Como seria sua reação ?


Connor tem 16 anos, não era um aluno nota A mas mantinha suas notas no lugar certo, no colégio, metia-se em muitas brigas, muitas causadas por sua falta de controle. Assegurava-se em deixar todos no colégio amendrotado com sua presença, no fundo, ele sabia que não era um cara durão, sabia de seus limites. Mas um dia, ao procurar um grampeador nas coisas de seu pai ele encontrou uma carta, a carta que ele e outras crianças , a partir dos treze até os dezoito, temem receber, lá estava uma, destinada a Connor,e assinada. Aquilo transformou-o. Por mais que tivesse medo, tristeza, ele usou isso para 'torturar seus pais' , tentou de tudo para fazê-los se arrepender do que fizeram.
Na última noite que passou em casa reuniu tudo que precisava dentro de sua mochila e saiu noite a fora. Em busca de proteção para sua vida, não imagina que durante sua saída, causaria tamanho estrago na rodovia.

Lev tem 13 anos, vem de uma família bem grande, é o filho mais novo de 10 irmãos. Ele foi gerado por um propósito. Um propósito que para muitos outros, era temeroso, amedrontador, mas para ele, era considerado uma bênção. Sentia-se um dízimo. Acreditava que esse propósito estaria beneficiando sua alma, mas não acontece como ele queria , um acidente no trânsito o tira de seu destino...

Risa foi criada na casa Estadual, onde todas as crianças rejeitada ficam , onde provam se merecem continuar ali, ou se o governo pode tomar providência sobre sua vida. Risa não tinha ninguém a não ser seu professor de piano, que há 5 anos a orientava e a coisa mais próxima de um pai que teve. Uma semana após sua apresentação, ela foi chamada ao escritório do diretor , há três pessoa nele. Sem saber o que dizer, tudo que lhe é dito é apenas ouvido, nada sai de sua boca. Até que se deixa levar pelo pânico e deixa tudo sair de sua boca..

"Só queremos o que é melhor para você.."


A fragmentação é autorizada pelo governo federal, uma lei forte e poderosa, que assegura que nenhum vida pode ser tocada desde o momento do nascimento até seus treze anos. Depois dos 13 , por alguma motivo, os pais recebem uma carta vinda do governo. Ao assinar, a criança pertence ao governo.
Existe também uma lei que permite aos pais que não querem seu filho, recém nascido, deixá-lo a porta de alguém, e quando esse alguém encontrá-lo, é obrigado a cuidar daquele bebê como se fosse seu, exceto o caso de serem vistos aqueles que deixam o bebê naquela porta. Essa lei intitula-se " Iniciativa da Cegonha".

"No entanto, entre os 13 e os 18 anos, a mãe ou o pai pode escolher 'abortar' retroativamente uma criança.."
---------------

Fragmentados é um livro que mexe com a noção lógica da nossa existência, um livro curioso, encantador. Ele nos faz refletir sobre o sentido da vida, o que fazemos com o que  nos é tão sagrado? Um livro fictício mas que nos faz pensar nas nossas vidas. Crianças que vivem sem saber se serão escolhidas para a "colheita" , outras que nasceram para serem dízimas. Esse livro faz juz ao seu nome, ele fragmenta cada coisa que pensamento sobre a vida.


Classificação: 5/5 (Super recomendo *-*)

E aí, já leram? O que acharam?

Beijos e boa leitura a todos ❤️

Resenha: Zac & Mia

Heeey gente tudo bom? *-* 

E mais uma vez, venho trazer um lançamento da Editora Novo Conceito para vocês! Quem acompanha o blog a algum tempo sabe que recebemos todos os livros de parceria atrasados por conta da grave dos correios no começo do ano. E agora, estamos na reta final, faltando apenas três livros para serem lidos. \o/

E hoje não poderia ser diferente. Vamos conhecer outro livro da NC? ^_^ 


O livro nos conta a história de dois jovens que se encontram separados apenas por uma parede de hospital de aproximadamente seis centímetros, e que compartilham da mesma situação: Ambos enfrentam o Câncer. 

O personagem Zac, de apenas 17 anos, sofre com a Leucemia, e acabou de passar por um transplante de medula. Já a rebelde Mia, tem osteorsacoma e não aceita de nenhuma maneira tudo o que está acontecendo com ela. 

Mas antes de receber alta, Zac precisará ficar de quarentena em seu quarto para os médicos observarem se o corpo dele não terá nenhuma rejeição ao mais novo membro de seu corpo. E durante todo esse tempo preso dentro de um quarto, onde já havia cansado de observar o teto, ele percebe a presença de uma nova paciente. Desta vez, no quarto ao lado. É então que ele decide conhecê-la de todas as maneiras (sem sair de seu quarto). 

Através da fina parede que os separam, começamos a nos encantar com essa amizade tão linda, entre pessoas tão diferentes. E é quando Mia decide adicionar Zac como seu amigo no Facebook que as coisas mudam, e começamos a devorar o livro sem querer que ele termine. 


Ouvi muitas pessoas comentando que essa história se parecia com o livro do autor John Green, intitulado “A Culpa é das Estrelas”. Porém, agora que tive a chance de ler “Zac & Mia”, posso dizer com todas as letras que não se parecem. Tirando o fato de ambos girarem em torno desse doloroso tema que é o câncer, as semelhanças terminam aqui. Tenho dois pontos interessantes que demostram logo de cara a grande diferença entre essas duas obras, que para mim, não tem melhor e nem pior. As duas histórias ficaram no mesmo patamar, e tenho certeza que muitos fãs de ACEDE (assim como eu) vão se render a essa história tão maravilhosa e emocionante. 

• O primeiro diferencial da história e que me agradou bastante foi a forma que a autora encontrou de não girar em torno da doença, e sim de mostrar a vida de duas pessoas diferentes que convivem com ela. 

• E em segundo, e no meu ponto de vista, é o maior argumento para provar as diferenças entre os livro, é que em “Zac & Mia” não encontramos o decorrer da doença dos personagens (como em ACEDE), e sim o que vem depois: A recuperação e o receio de uma possível recaída. 

O livro é dividido em três partes, onde todos os capítulos são narrados em primeira pessoa, mostrando as perspectivas de ambos. A escrita da autora é incrivelmente maravilhosa. Soube distribuir alegria e tristeza em doses certas por todas as páginas, o que me fez ainda mais querer saber o desfecho do livro. 

Uma história de amor, esperança e amizade.

Obrigada, Novo Conceito, mais uma vez por nos proporcionar leituras tão inesquecíveis! A Equipe do LSM agradece. 

 Ainda não conhecia essa autora, e agora passarei a prestar mais atenção nos trabalhos dela. 


Classificação: 4/5 (Super recomendo) 


E aí, já leu? O que achou? 

Um BEIJO DA JÚ e boa leitura a todos! ❤


Parceria Literária - Josy Stoque

Oláaaa leitores, como estão? Hoje trago uma super novidade que o blog conseguiu! A parceria com a querida autora Josy Stoque! Cadê as palmas Rs! Uhuuuu... :D

Primeiro vou falar um pouco sobre a Josy, para quem não conhece ainda.


A autora tem formação em Publicidade e Propaganda, iniciou sua carreira de escritora em 2010, quando criou a saga sobrenatural Os Qu4tro Elementos, obra de muito sucesso levando então a indicação do Prêmio Literário Anual Codex de Ouro 2013 e a tradução do primeiro volume para o inglês pela AmazonCrossing, em 2014.

A escritora não parou e publicou o New Adult Insensatez, escrito com Gisele Galindo, e o conto de fadas Estrela – Em Busca do Amor Eterno em 2013, a trilogia erótica Puro Êxtase e o romance erótico policial Não Espere pelo Amanhã em 2015, livro que conquistou mais de 55 mil leituras no Wattpad, é best-seller na Amazon e ganhou casa editoral: Qualis (selo Divas). 

Redes sociais da autora:


Agora a melhor parte, vou falar um pouquinho sobre alguns de seus livros (e estou muito interessada em ler todos rs!).

Estrela – Em Busca do Amor Eterno


Sinopse: No mesmo dia em que o príncipe Eliano vislumbra acidentalmente a beleza intocada da sacerdotisa Selena, a tranquilidade do reino de Áster é abalada. As estrelas anunciam uma tragédia e uma criança predestinada a salvar a ilha. 
O rei pressiona o filho a se casar com uma das pretendentes, mas o herdeiro do trono só consegue pensar na única mulher que não pode ter. Disposto a viver este romance proibido, transgredirá as leis dos homens, ignorando suas obrigações. 
No entanto, a bela e pura jovem guarda um segredo capaz de enfurecer até os deuses. E, no fim mais negro, somente aquela que carrega a luz poderá conceder-lhes o perdão.

Saga Sobrenatural "Os Qu4tros Elementos"


Sinopse: “Um alinhamento planetário é anunciado e desperta a única chave capaz de abrir o portal.” 
Há 30 anos, um mago negro se levantou contra a humanidade em seu local mais puro: O Coração da Natureza. Quatro protetores foram predestinados a nascer e a derrotar o mal que congelou este lugar encantado, escravizando seres místicos e banindo os guardiões para além do portal. O mundo real recebeu estas pessoas com poderes sobre-humanos e agora eles aguardam o tão esperado alinhamento planetário para voltar para casa. Precisarão da força dos quatro elementos para banir o poderoso feiticeiro da cidade protegida, mas não contavam que os destinados estivessem despreparados para cumprir esta missão. E agora todo o planeta corre perigo.



Marcada a Fogo: Verdade Queima (Saga Os Qu4tros Elementos – Livro 1)

Sinopse: Como você reagiria se descobrisse que o amor de sua vida é uma fraude? Que construiu sua família com base em uma mentira? 
Que a pessoa que ama esconde um segredo terrível e inacreditável? Após uma experiência de quase morte, Tamires do Valle passa a enxergar que Gustavo, o homem em quem mais confia, mente. 
Seu mundo perfeito rui. A relação mística com a ametista, a única peça de seu passado obscuro, se fortalece e descobrir sua origem se torna uma obsessão.

Filho da Terra: A sensibilidade fere (Saga Os Qu4tros Elementos – Livro 2)

Sinopse: Já se sentiu tão deslocado que faria qualquer coisa para ser aceito? E se você sempre agisse de maneira correta, como um bom filho, namorado e chefe e, mesmo assim, se tornasse um inimigo em sua própria casa? Na noite em que Lucca Gonçalves decide pedir a mão de Vitória em casamento, se depara com uma bela índia. 
O mundo se refaz no chocolate dos olhos dela e a força mística do ônix o instiga a acreditar no impossível. Um homem enraizado na razão e soterrado por um amor inesperado.

Ilha de Ar: A liberdade sufoca (Saga Os Qu4tros Elementos – Livro 3)

Sinopse: Se você fosse lindo, rico, talentoso e tivesse qualquer mulher aos seus pés, abandonaria tudo por amor? E se seu amado pai o deixasse sozinho com uma mãe que não o considera mais seu filho, ainda teria dúvida? 
Nicolas Bertoldi preza por sua liberdade acima de todas as coisas, mas, puxado pela força mística da água-marinha, rende-se à sensualidade da ex-namorada vez após outra. Seu mundo ideal desmorona e o futuro se restringe a uma linha tênue entre a loucura e a sanidade. Um homem sufocado pela dúvida: ficar do jeito que está ou partir rumo ao desconhecido?

Universo de Água: A instabilidade congela (Saga Os Qu4tros Elementos – Livro 4)

Sinopse: Você sacrificaria seu sonho por um bem maior depois de lutar tanto por ele e finalmente conquistá-lo? Mergulharia fundo em um destino incerto por amor a pessoas que nem conhece? Negaria a si mesmo? Visões sombrias e obscuras atormentam Suzane Vieira desde pequena e são cada vez mais intensas e reais. Seu mundo fica de escanteio. Só a mística pedra-da-lua a tornará apta a cumprir seu papel na profecia. 
Uma mulher de extremos e mil faces, pronta para morrer por aquilo que realmente importa.

Prometida: Spin-Off da (Saga Os Qu4tros Elementos – Livro 5)

Sinopse: “A vida pode ser uma benção e uma maldição”
Para que a vida da princesa recém-nascida seja salva, sua alma é prometida ao Filho da Terra e destinada a servi-lo o restante de seus dias. Em seu pescoço carrega uma pedra que é o lembrete constante de que em breve se encontrará com seu senhor. No entanto, quando se depara com o desconhecido Lucca Gonçalves, Mainá Kadiwéu verá que é impossível não lhe entregar também seu coração.

Insensatez: Amar pode ser uma insensatez


Sinopse: Marco não queria se comprometer com mulher alguma e sua ambição o levou para um caminho bem distante de Isadora. Anos mais tarde, o destino decide que é o momento de se reencontrarem e resolverem o que ficou pendente no passado. Os sentimentos antigos soltam faíscas e a atração entre eles é explosiva, impossível resistir. Mas será que Isa pode confiar em alguém que já a deixou? E Marco, permitirá que o amor o transforme em um homem de uma mulher só?

Que saber muito mais? Entre no site da autora e conheça todas as suas obras!

E agora uma recente notícia da autora, lançamento do seu livro "Não Espere Pelo Amanhã"



Espero que tenham gostado da novidade do blog, e terem conhecido um pouquinho sobre essa excelente autora e se interessado pelos seus livros, eu estou totalmente interessada! E em breve resenha deles!

Beijos e até a próxima!

-Lili

Resenha: A Lista

Oi gente, tudo bem? A resenha de hoje é do livro "A lista", que recebemos da nossa parceria com a Editora Novo Conceito. Vamos ver o que achei dele? Vem comigo! :D 





"Cem nomes... cem pessoas. Kitty Logan herda uma lista e a missão de contar uma história".

Kitty Logan é uma jornalista de 32 anos que vê sua vida e sua carreira ser destruída inesperadamente após acusar um homem por estrupo. Confiante de que suas descobertas eram corretas, ela não estava preparada para saber que suas informações estavam completamente erradas, e a empresa em que trabalhava teve que pagar uma alta quantia de indenização para Colin Maguire, o homem que teve sua reputação arruinada pela reportagem de Kitty.


Sua carreira está completamente inda para o fundo do poço. E sua família está decepcionada com a atitude dela. E para completar sua melhor amiga e mentora Constance, está internada com câncer em estado terminal. Em menos de uma semana Constance vem a falecer, e deixa para Kitty um envelope que pode ser a chance de mudar sua vida.


"E aí uma coisa boa aconteceu naquele dia, a primeira do dia, a única, mas, às vezes, tudo de que precisamos é de uma única coisa boa".


Kitty está perdida pois o envelope não há nenhum tema, ideias ou instruções, apenas uma lista. Uma lista com nomes de cem pessoas.

Kitty terá de fazer a matéria para a edição especial da revista em homenagem a Constance, e só resta duas semanas. Correndo contra o tempo para descobrir quem são essas pessoas e qual a ligação delas, que pelo que parece não ter nenhuma. Afim de criar a matéria que poderia salvar sua carreira e acima de tudo honrar o nome de sua melhor amiga.


"Pauta preliminar: As pessoas não se consideram interessantes. Ou as pessoas que não se consideram interessantes normalmente são as mais interessantes".

***
A Lista de Cecelia Ahern, foi o primeiro livro que li da autora. Gostei da maneira que ela escreve e os ótimos personagens que criou, além de Kitty, não pude deixar de notar as características de sua personalidade, que a levou até o ponto final.

A cada personagem fui me apaixonando por suas histórias de vida, cada uma com um jeito especial e único.
A narração não me cativou muito, porém não deixei de querer saber qual o motivo daquela Lista. E me surpreendi com certas partes da história e outras que cheguei a pensar "gostaria de estar ali, vendo isso..." Rs!

Um livro calmo, repleto de sentimentos e ótimas histórias com personagens com corações grandes e que te leva a querer saber mais. Mostra que, independente de raça, religião e cor, cada um tem uma bela história para contar. Recomendo!

Classificação: *** (3/5)

Já leu? O que achou?! Deixe seu comentário!

Beijos e até a próxima!
-Lili

Resenha: Jogos Vorazes

Heeey gente, tudo bem? 

Hoje estou compartilhando a minha última leitura da pequena Maratona de férias, que realizei e ainda não tinha postado todas as resenhas.  


Sei que não preciso me aprofundar muito, pois todos já sabem do que o livro se trata ou já assistiram aos filmes. Vou falar mais da minha experiência com o livro e o que achei dele em relação à adaptação. 

Com o fim da conhecida América do Norte, eis que surge uma nova sociedade chamada Panem, que é formada por doze distritos, que são comandados com rigor pela Capital. E o jeito que encontraram de mostrar o seu poder e seu domínio sobre todos esses distritos, foi criado os Jogos Vorazes, uma competição ao vivo, onde um casal entre doze e dezoito anos se oferece como tributo para lutar até a morte em uma arena. 

E é assim que conhecemos Katniss Everdeen. Na hora da colheita, o nome retirado é o de sua irmã Prim, e para poupa-lá da morte que lhe esperava, ela se oferece em seu lugar. E ao seu lado, precisamos de um rapaz, e o menos felizardo foi o nosso querido Peeta Mellark, um garoto que lhe ajudou no passado, quando Katniss e sua família mais precisou de alimento. 

Ao final de cada jogo, temos um vitorioso. O tributo que vence os Jogos, ganha fama e fortuna. Já os outros participantes, tem suas vidas encerradas da pior forma possível. 

 ***

Eu particularmente adorei o livro, e espero me surpreender ainda mais com os próximos volumes. Mas uma coisa que acabei percebendo depois da leitura desse primeiro livro, foi de como há diferenças na adaptação. Assisti à todos os filmes e até então havia gostado bastante, mas agora que comecei a ler me decepcionei bastante. Logo nesse primeiro livro fica claro a tensão e a fúria do presidente Snow em relação à Katniss e Peeta, enquanto no filme (no meu ponto de vista) só podemos perceber isso em “Em Chamas”. Sem falar no final do livro. Nunca fiquei tão desesperada por respostas como fiquei quando terminei de ler esse livro. Enquanto no filme não encontramos nem 30% dessa sensação que o desfecho do livro nos passa. 

Agora, vou ler os próximos volumes antes de assistir ao último filme da saga para poder dar minha última opinião sobre toda a obra de Suzane Collins.

Não vejo a hora de ir na estreia do filme. E vocês? Também vão? 

*** 
Classificação: 4/5 (Recomendo) 

E aí, você já leu? O que achou? 


Beijos da Jú ❤


Resenha: Dez coisas que aprendi sobre o amor

Heeeey leitores, tudo bom? Vamos conhecer esse novo livro da Editora Novo Conceito? Espero que gostem da história :) 

Que tal um passeio pela cidade encantadora que é Londres ? E junto com esse passeio por todas as ruas e locais de Londres descobrir uma história de encher os olhos de lágrimas? Para nos apresentar cada pedacinho de Londres, Daniel, um senhor com muita esperança será nosso guia...


Por quase 30 anos o único pertence que Daniel tem é um retrato feito a mão, o desenho que em uma noite, na primeira noite, ele pintara. Ele caminha pelas ruas, já ficou em diversos lugares, desde um pórtico da igreja de São Pedro à beira da ponte Blackfriars. Desde que ela se fora ele se viu sem vida, sem chão, sem rumo. Até que um dia descobriu o paradeiro do fruto. O fruto que lhe foi roubado o prazer de provar. O fruto que o mantém vivo mesmo sem saber de sua existência. Coragem.. É uma coisa que ele não sabe se terá para lhe dizer o que precisa ser dito, ele ensaia, pensa, repensa, tenta e falha. 

"É melhor não ter pai do que ter um pai como eu" 

Da Mongólia para Londres, de Londres para onde? Ou ficaria em Londres depois de tudo? Até de nômade fora chamada por sua irmã, e será que era mentira? Ela se perguntava. Alice, uma mulher independente e que não ficava mais do que duas, três semanas no mesmo país, sempre tendo um novo lugar para conhecer, precisou retonar para seu lugar de origem. Uma notícia que a deixou mais frágil do que sempre fora. 


Alice perdeu sua mãe com 5 anos de idade e foi criada apenas pelo pai e suas duas irmãs mais velhas Tylli e Cee. Mas ela nunca se sentia em casa. Desde nova, se sentia estranha e diferente, ela não sabia o por quê, mas não conseguia se encaixar na sua família. Queria ser livre, sem nada para lhe prender em um lugar, era o que a diferia de suas irmãs.  

Cee tinha uma casa grande e luxuosa, um marido e três filhos. Tylli não era casada nem mãe, morava em um micro apartamento. A casa em que ela crescera sempre fora repudiada por suas irmãs, elas diziam que a casa em que elas cresceram era mais acolhedora, era melhor. Alice sempre percebeu que o pai se dava melhor com as irmãs , a amava, claro, mas as vezes preferia seu silêncio. Ela achava que era a nítida semelhança com a mãe, pequena, cabelos ruivos, delicadeza. O que a deixou mais confusa foi quando, depois do funeral começou a receber presentes, que para muitos seria apenas lixo, mas para ela, começou a ser visto como presentes. 

Depois de alguns dias sendo agraciada com aqueles presentes, Alice é surpreendida por um visitante desconhecido, mas que, por algum motivo que ela não sabia, sentiu uma semelhança física, por pequenos detalhes. 

"Gostaria de lhe mostrar uma coisa - diz o homem.- precisaria que você me acompanhasse, você faria isso?" 

Dez coisas que aprendi sobre o amor  é um livro pequeno, mas como uma história tocante. Sarah Butler trata sobre o assunto "laços paternos". Fala sobre a aventura amorosa de Daniel e suas consequências. Retrata a vida luxuosa de três lindas moças, e da estranha solidão de uma delas. 

"Você não pode sentir saudade de alguém que nunca conheceu. Mas sinto saudade de você."

A autora procurou dar ênfase em dois personagens, que acabam tendo mais em comum do que se pode imaginar, a vontade de andar por aí até nunca mais, a vontade de sempre ir para qualquer lugar. Os laços, os traços, o sangue... Não importa. Nada importa para quem apenas quer sentir a liberdade em sua alma.

Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️ (Recomendo) 

E aí, já leu? O que achou? 

Beijos da Jú ❤️


Resenha: A Playlist de Hayden

Olá leitores, tudo bom? 

A resenha de hoje é desse livro incrível que foi enviado pela Editora Novo Conceito. 

Agora vou contar pra vocês o que achei dele. :) 


"A Playlist de Hayden" já começa de forma impactante. O livro nos apresenta a história de Sam, que está lutando para aceitar e tentar descobrir o que aconteceu com seu amigo Hayden. A única pista que Sam descobriu é que houve uma festa, e nela ocorreu uma briga. Sam acabou se estressando co seu melhor amigo, Hayden, e quando ele resolveu ir visitar seu amigo e se desculpar, o encontra morto. Ao lado do corpo de Hayden, ele acha uma garrafa de vodka, comprimidos, um pendrive e um bilhete: 


Assim que o livro foi lançado, fiquei mega ansiosa com a chegada dele em minha casa. Quem acompanha o blog sabe do problema que houve na entrega dos livros de parceria com a Editora por conta da greve dos correios no início do ano, por esse motivo, eles me enviaram todos os seus lançamentos do ano de uma vez e agora tenho quase todos lidos e resenhados. Infelizmente não pude resenha-lo antes. Então quando comecei essa leitur, ele me prendeu até certo ponto e depois ficou meio óbvio o que ainda iria acontecer. 

O livro trata de um assunto muito sério: Bullying. Achei que a autora tinha nas mãos um tema que tinha tudo para ser bem trabalhado, mas percebemos que ela não soube aproveitar ao máximo. Mais nada que estrague a sua leitura, pelo contrário, quem amo música precisa desse livro na prateleira. É excelente e reflexivo. 

Cada capítulo é iniciado por uma das músicas de Hayden. Que playlist maravilhosa, se preparem. Hayden tinha um ótimo gosto musical, e tenho certeza que vocês também irão adorar. A editora criou um site especial para que você posso ouvir a playlist e desvendar os mistérios de Hayden enquanto lê o livro. 

Acesse: aplaylistdehayden.com.br ❤️

Um livro que merece ser lido em um dia chuvoso, acompanhado de um delicioso chocolate quente e muita música boa. Um ótimo presente para presentear aquela pessoa especial. 

"Você nunca conhece uma pessoa até ouvir o que ela gosta" 

E mesmo depois  de ter finalizado esse livro, fiz questão de salvar a playlist de Hayden para ouvir sempre que bate aquela saudade da história e dos seus personagens. 

Classificação: ⭐️⭐️⭐️⭐️ (recomendo) 

E aí, você já leu? O que achou?

Beijos da Jú ❤️

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo